Tag Archives: mount peel show casarao fuzz 25 05 2013 16 bits vertilia

Show @ Casarão. Fuzz – 24.05.2013

25 May

Cheguei a noite no Casarão Music por volta das meia-noite. Mal entrei, e fui recebido por amigos e conhecidos. A casa não tava muito cheia, mas também não tava vazia. Parece que tinha cada vez mais gente chegando. E os caras da Vertilia foram a primeira banda. Tocaram lá e agitaram com tudo. O que eu achei interessante, mas, não tenho fotos, é que no amplificador do Felipe, tinham várias action figure/miniaturas de personagens. Hahaha. Meio que sei lá, como se fosse um amuleto da sorte, talvez? Enfim. Eles tocaram os sucessos deles, e eventualmente o show acabou.

Era nossa vez. Chegamos lá e começamos a arrumar tudo, bem rápido. A minha sorte era que eu tinha tirado uma foto durante a passagem de som, do esquema como eu tinha deixado a configuração do amp pra mim. Só fiz ajeitar tudo novamente, e tava pronto pra rolar. Exceto por um problema. Meu pedal de delay começou a fazer um som alto e estranho. Resultado? Tive de “limar” o delay, principal charme de Morning, Pixie. Mas, tudo bem. Seguimos assim mesmo. Ó aí a setlist do show:

Image

 

Quando começamos a tocar The Sideshow, eu senti mais confiança. Minha voz tava boa, o som tava bom. Tinha tudo pra ser lindo. E realmente foi. Comentei com a galera pelo microfone, que tinham realmente muitas pessoas lá. Bem mais do que eu esperava que fosse ter, para um show de estréia de uma banda que ninguém conhece ou ouviu falar.

O show seguiu, tocamos músicas que algumas pessoas conheciam. Tipo, Morning Pixie, Gloria Hopes, e tudo mais… A surpresa é que as pessoas realmente pareceram se empolgar bastante com Mind At All e Revived Our Souls. Gostaram tanto, que acho que serão as próximas duas demos da banda. 

Papo vai, papo vem. Terminamos com Carlos Carn, e a pancadaria do seu final. Pra deixar todo mundo surdo mesmo! Hahaha.

Depois do show, era hora de descer e cumprimentar as pessoas do palco. Sabe como é, né. Agradecer por terem aguentado esse show. Aproveitei pra distribuir umas demos da Mount Peel, de graça mesmo. Só a troco do e-mail de cada um. Por sinal, se você está lendo isso por ter recebido um e-mail nosso, legal. Funcionou.

Enfim, conheci umas pessoas gente boa. Recebi uns elogios de várias pessoas. Vale dar destaque pra um amigo da Faculdade que foi lá e levou amigos com ele, que, talvez sem nem conhecer o som, gostaram da banda, e levaram essas demos pra casa. O grande Netto Battêra, da Turbo, que me deu um abraço no final, e disse que a minha banda é foda. Putz, esse cara não sabe o quanto isso me emocionou. Receber um elogio de um músico experiente é algo significante pra mim. Principalmente quando o cara pede sua demo e ainda pede pra você autografar pra ele. Hahahaha. Vocês são foda.

Foi tudo lindo, as pessoas foram muito gente boa, e espero ver essas pessoas novamente por aí em outros shows. 

Depois disso foi hora de ver a 16-bits. E eles são insanos. O show mal começou e o Homer já tava se jogando no chão. Tocando igual um louco. Hahaha. Fiquei com inveja da energia deles. Queria ser insano assim ao vivo. Enfim, o show deles foi tão foda que no final não aguentamos, e subimos todos no palco pra cantar junto as últimas músicas. E devem ter fotos por aí. Logo mais elas aparecem.

 

OBRIGADO POR TEREM COMPARECIDO! OBRIGADO POR TEREM AGUENTADO ATÉ O FINAL! OBRIGADO POR OUVIREM A MOUNT PEEL! MOUNT PEEL NÃO É NADA SEM VOCÊS. 

 

Até a próxima.